Os animais mais raros e bizarros do mundo


Frill-necked Lizard

Os animais mais raros e bizarros do mundo

O lagarto voador, assim chamado pelo rufo que sai do seu pescoço e que prolonga os seus saltos e também o ajuda a manter a temperatura corporal.


Tarsier

Os animais mais raros e bizarros do mundo

São pequenos primatas que possuem grandes olhos que os ajudam a desenvolver as suas normais actividades nocturnas e que recebem este nome pelo alongado osso tarso no pé. Podem ser encontrados nas florestas do Brunei, da Indonésia e da Malásia.


Aye Aye

Os animais mais raros e bizarros do mundo

É um primata nativo, ameaçado de extinção, de Madagascar. Noturno e arborícola, possui pêlo negro e um dos seus dedos é bem maior que os outros. Ele usa-o para conseguir caçar larvas nos buracos das árvores. Os seus olhos são grandes e possui uma boa visão noturna.


Proboscis Monkey

Os animais mais raros e bizarros do mundo

Este singular macaco habita nos mangues e o seu nome popular deriva do facto dos machos possuírem um nariz longo e flexível, que se crê ter importância na escolha da e pela parceira sexual. Este macaco só existe na ilha de Bornéu.


Axolotl

Os animais mais raros e bizarros do mundo

Esta é a classe mais conhecida das salamandras mexicanas. É uma espécie de anfíbio caudado e são muito usadas como animais de estimação nos EUA, Inglaterra e Japão.


Pink Fairy Armadillo

Os animais mais raros e bizarros do mundo

Pertence à familia do Tatu. É o menor animal da sua raça e pode ser encontrado nos pastos secos de toda a área central da Argentina.


Uakari

Os animais mais raros e bizarros do mundo

Naturais do Novo Mundo, estes primatas são calvos e têm uma cara muito peculiar. São animais realmente feios.


Star-nosed Mole

Os animais mais raros e bizarros do mundo

É uma pequena toupeira que pode sr encontrada tanto no Canadá como nos EUA.


Blobfish

Os animais mais raros e bizarros do mundo

É um peixe que habita nas águas profundas nas costas da Austrália e da Tasmânia. Devido à inacessibilidade do seu hábitat, raramente é visto pelos seres humanos. Estes peixes podem ser encontrados em profundidades onde a pressão é dezenas de vezes superior à verificada ao nível do mar.

Via

Comentar